Conheça Istambul e suas atrações

Saiba o que fazer em Istambul e tudo sobre esta cidade encantadora que atrai milhares de visitantes de todo o mundo. Confira já este guia de viagem especial que a Memphis Tours preparou para você!

Conheça a História
Um dos pontos mais interessantes de Istambul, o Bazar das Especiarias, também chamado de Bazar Egípcio, é um dos bazares mais antigos. 
Projetado na forma de um "L", é composto por 88 salas e contém 6 portas de entrada. Tem seis entradas e as seções ao redor da entrada de Hasek tem dois andares. 
Durante o Período Otomano, esse andar superior era usado como um tribunal para o qual os lojistas e clientes podiam trazer seus problemas e reclamações.

 

O que é?
O Bazar das Especiaria é um dos bazares mais tradicionais da Turquia, na cidade de Istambul. Conhecido também como Bazar Egípcio, o local ganhou este nome devido aos produtos que são originários da histórica terra dos faraós. O seu tamanho é inferior ao Grande Bazar mas não menos importante - tal fato comprova-se pelo grande número de turistas e cidadãos locais que por ali passam para fazer compras ou até mesmo passear.

 

Onde está situado?
O Bazar fica localizado no distrito de Fatih, no bairro Eminönü perto da Mesquita Yeni.

 

O que você vai encontrar por lá?
Produtos tradicionais, como especiarias, uma variedade de chás, ervas, temperos, frutas secas, sementes, doces e diversas delícias tipicamente turcas são encontrados ao lado de jóias, tecidos, utensílios de cozinha e vários souvenirs.
Vale a pena a visita para comprar aquela lembrancinha especial para a família e amigos ou simplesmente apreciar as cores e os aromas que emanam no lugar. 

 

Dica Especial!
Dentro do bazar, você encontrará o famoso restaurante turco Pandeli. Tem servido excelente comida desde 1901 e definitivamente vale a pena uma visita.

 

O Bazar das Especiarias é sem dúvida um lugar que encanta e nos deixa um pouco mais perto da cultura local, conheça essa famosa atração através de um dos roteiros especiais da Memphis Tours.

Venha descobrir o que há de melhor na Turquia com a gente!

O que é?
Ele é grande como o próprio nome diz, o Grande Bazar é bem maior que o Bazar de Especiarias (Bazar Egípcio) e oferece diversos produtos desde comida até vestimentas, o complexo conta com mais de 4000 lojas que se espalham por 64 ruas. É considerado um dos maiores bazares cobertos do mundo. Incrível, né?!

 

Onde fica sua localização?
O Grande Bazar está situado no distrito de Fatih, no bairro Eminönü perto da Mesquita Yeni. 

 

O que você vai encontrar por lá?
Lá é possível encontrar absolutamente de tudo, tapetes dos mais variados tamanhos e estilos, cerâmicas, souvenirs, roupas, tecidos, casas de câmbio, cafés, restaurantes e muito mais.

 

Dicas Valiosas para os viajantes
A dica principal é tempo, vá com tempo livre para visitar o Grande Bazar principalmente se você quer comprar algo. Não esqueça de usar calçados confortáveis afinal o complexo é bem grande.

 

Lá vou ter que pechinchar?
Provavelmente sim, a pechincha ainda é tradicional em alguns lugares, e faz parte dos costumes negociar o preço dos produtos. Mas não leve isso como um ponto negativo, pelo contrário, isso faz parte da vivência cultural no país visitado.

 

Eu não sei falar turco e agora?
Não se preocupe, todos os locais e profissionais que lidam com o comércio de turismo fala outros idiomas, a exemplo do inglês.

Tudo que você quer saber sobre o estreito pósforo e a história dele e o valor economica para turquia e os outros países, e como foi antigamente e como é agora!

Sua história - informações gerais
O Hipódromo Romando é uma das principais atrações de Istambul, foi construído no século IV por Constantino. Em 1204 o hipódromo foi destruído  pelos cruzados, tendo também seu nome modificado para Praça dos Cavalos, pois os otomanos usavam o local para treinamento dos seus animais.

 

Para que ele era usado?
O complexo foi construído para ser um local de diversão e entretenimento para a população daquela época, podendo abrigar até 100 mil espectadores.

 

O que você vai encontrar?
Hoje você vai encontrar no local o obelisco egípcio originário da cidade de Luxor, Egito obra do faraó Tutmés III; a coluna serpentina que é uma coluna de bronze com 3 serpentes que a envolvem; a fonte alemã, uma fonte localizada na entrada do hipódromo romano e por fim o obelisco murado, feito com pedaços de pedra.

 

Quanto custa a entrada para conhecer o local?
A entrada no hipódromo romano é totalmente gratuita. 

 

Onde fica a sua localização?
O hipódromo romano está situado ao lado da Mesquita Azul, entaõ aproveite a visita para também conhecer a famosa Mesquita do país. Adicione ao seu day tour outras atrações do mesmo bairro para desfrutar bem do seu tempo na cidade.

Informações gerais
A Mesquita Azul é a maior de Istambul, é considerada uma das maiores obras do mundo islâmico e um dos ícones arquitetônicos da Turquia. Foi construída pelo Sultão Ahmed no século 17.
A Mesquita na verdade não é nada azul no seu exterior, o nome está relacionado com a coloração do seu interior, devido a predominância de azulejos que refletem a cor azul.

 

Onde fica?
A Mesquita Azul fica às margens do mar Mármara em frente à colina da Igreja Hagia Sophia, no bairro Sultanahmet.

 

Quanto custa a entrada?
A entrada na mesquita é totalmente gratuita.

 

Recomendações para entrar na Mesquita
As mulheres devem cobrir a cabeça ao entrar na mesquita, por isso leve um lenço na bolsa. Não é permitido usar saias, shorts ou bermudas, não deve usar decotes ou estar com ombros à mostra. Também não é permitido a entrada de homens usando bermudas acima do joelho, então lembre de usar calça no dia. Sapatos não são permitidos no interior da Mesquita, sendo necessário retirá-los quando for entrar, então lembre de usar meias escuras no dia ou, se preferir, ficará descalço(a).

 

Quando visitar?
A Mesquita Azul está aberta todos os dias, só não é permitida a visitação nos horários das orações. 

 

É possível tirar fotos no local?
Sim, é possível tirar fotos, aproveite para registrar este passeio incrível!

Informações gerais sobre a atração
A Basílica de Santa Sofia ( Hagia Sophia ) é a antiga catedral patriarcal cristã ortodoxa grega, ela teve a sua primeira versão construída pelo imperador Constantino, em 360 d.C. mas a estrutura atual foi erguida pelo imperador Justiniano (527-565 d.C.). A Basílica é um verdadeiro ícone da história, não é a toa que é um dos patrimônios da humanidade declarado pela UNESCO. A Basília passou por diversas mudanças, tornou-se Mesquita Imperial Otomana e atualmente é um Museu (Ayasofya Müzesi)

 

Quando visitar a Basílica?
No verão de 15 de abril à 30 de outubro, o horário de funcionamento é das 09 horas às 19 horas. Já durante o inverno que acontece de 31 de outubro à 14 de abril, o horário aberto ao público é das 09 horas às 17 horas. O museu abre todos os dias, exceto nos primeiros dias do Ramadã e nos festivais de sacrifício.

 

Qual o valor do ingresso?
A entrada custa 40 liras turcas, crianças até 12 anos de idade (exceto para entrada no Harem - para este local, entrada livre é até 6 anos).

 

Onde fica situada?
A Basílica está localizada em Sultan Ahmet Mahallesi, Ayasofya Meydanı, 34122 Fatih/İstambul, Turquia.

Informações gerais
O Palácio de Topkapi foi construído em 1467, é um grande símbolo do império otomano e foi usado como residência de vários sultões, incluindo o Sultão Mehmet.
O que você vai encontrar?
A estrutura do Palácio cobre uma zona de 700.000m². Lá você vai encontrar pátios, igreja, diversos salões, estábulos reais, sala de armas, mesquita, biblioteca, tesouros, jardins e o famoso harém. O Palácio é simplesmente espetacular, tanto na sua estrutura externa quanto interna. 

Voce Sabia?
O Palácio Topkaki é considerado um dos maiores palácios do mundo. É lá que se encontra alguns dos tesouros mais importantes do mundo, como o punhal topkaki e o diamante de 88 quilates.

Horário de Funcionamento
De quarta a segunda, no inverno das 9:00 às 17:00 horas (no verão até as 19:00). Na terça-feira o palácio está fechado.

Onde fica?
O Palácio Topkaki fica em Sultanahmet, por trás da Basílica de Santa Sofia.

Quanto custa a entrada?
O ingresso para visitar o Palácio custa 40 liras turcas e para visitar o Harém, 20 liras turcas.

Origem

Os dervixes rodopiantes, também chamados de mevledi, receberam esse nome de seu fundador, o místico sufi Vevlâna Celaleddin Rumi. Rumi foi um dos mais importantes pensadores do misticismo turco-islâmico. A cerimônia dos dervixes rodopiantes é chamada de Sema e vem se realizando desde a morte do místico, em 1273. 

 

Como funciona a cerimônia?

A cerimônia de dança dos dervixes começa e termina com passagens do Alcorão cantadas e é cheia de simbolismo. Os sufis buscam o contato com Deus através dos cânticos, orações, música e com a dança rodopiante.

 

Onde encontrar?

É possível assistir os dervixes em Istambul, Capadócia, Bursa ou Konya. A apresentação no Museu Mevlana (em Konya) é o local mais famoso e também o mais procurado.

 

Quanto custa?

Museu Mevlana: A cerimônia acontece todo domingo às 17h. Os ingressos são vendidos no local no sábado e custam 50 liras turcas por pessoa. Crianças não pagam a não ser que precisem de cadeira.

Les Art Turcs: Na quinta-feira há cerimônia organizada pelo Les Art Turcs, o ponto de encontro é no Centro Cultural localizado em Sultanahmet às 20h. De Sultanahmet há um transporte que leva os visitantes ao mosteiro. No mosteiro haverá uma cerimônia de meditação (Zikr) e, em seguida apresentação das danças rituais dos dervixes rodopiantes. O valor do ingresso é 28 euros por pessoa.

Hodjapasha Dance Theater: Apresentações nas terças, quintas e sábado às 19h. Ingressos 24 dólares por pessoa.

Estação de Trem Sirkeci: As cerimônias acontecem todos os dias às 19h30. Ingressos custam 24 dólares por pessoa.

 

Dicas:

Essa cerimônia (sema) pode ser testemunhada por visitantes mas saiba que, embora possa pareça com uma performance, a cerimônia ainda é de caráter religioso. Por isso recomenda-se não falar, sair do seu lugar ou tirar fotos com um flash enquanto os dervixes estão girando.

A cidade

Istambul conhecida no passado como Constantinopla, é maior cidade da Turquia. Ocupa ambos os lados do Estreito de Bósforo e o norte do Mar de Mármara e faz com que, de forma muito interessante, a cidade esteja dividida entre o continente europeu e asiático ocupando, assim, os dois continentes. Na parte européia da cidade há algumas áreas que foram declaradas Patrimônio Mundial pela UNESCO.


Por que visitar Istambul?

São inúmeros os monumentos, bazares e, ainda, o banhos turcos que encantam os visitantes.  Na cidade, que foi a capital do antigo Império Romano, é possível desfrutar do seu encanto e beleza histórica, além de um maravilhoso passeio de barco por suas águas de incrível coloração azul turquesa.

 

O que fazer na cidade?

Visitar o grande cartão postal, a Mesquita Azul; dar uma volta por Sultanahmet; conhecer Hagia Sofia, a Basílica da Cisterna; explorar Bazar Egípcio e o Grande Bazar; observar a Torre de Gálata; fazer um Cruzeiro pelo Bósforo; tomar um café na Torre da Donzela; maravilhar-se com os Palácios de Istambul (Dolmabahçe e Topkapi); mergulhar na história através do Museu de Arte Turca e Islâmica, Museu Arqueológico e o Museu de Arte Moderna; fazer compras; experimentar deliciosas comidas turcas e muito mais.

 

Como chegar?

Saindo do Brasil, há voos diretos de São Paulo para Istambul pela companhia aérea Turkish Airlines, e também há voos com escala com outras cias aéreas internacionais.

 

Como se deslocar pela cidade?

Em Istambul existe um cartão pré-pago exclusivo para múltiplos transportes públicos. Um único cartão pode ser usado para até 5 passageiros além disso as tarifas são mais baratas para quem utiliza o cartão pré-pago. O cartão pode ser adquirido no aeroporto, em Sultanahmet e Eminönü. Outra forma de se deslocar por Istambul é via táxi ou a pé.

 

Passe para Museu (Museum Pass)

Com este cartão, você poderá visitar as atrações históricas e culturais de Istambul, escapando da fila dos ingressos. A validade do passe consiste em 120 horas (5 dias), você pode adquirir o cartão na entrada das principais atrações turísticas, o cartão custa 125 libras turcas. A validade começa a contar a partir da primeira visita, cada cartão só pode ser usado uma única vez em cada lugar. Com o passe você também tem descontos especiais em vários locais da cidade.

Perguntas Frequentes
Preciso de visto para a Turquia?
Brasileiros não precisam de visto para entrar no território turco.
Como posso chegar à Turquia?
Há voos diretos de São Paulo para Istambul pela Turkish Airlines.
Há alguma recomendação sobre a vestimenta?
Para entrar nas mesquitas é necessário usar roupas que cubram os braços e pernas, e também um lenço na cabeça no caso das mulheres (se você não tiver lenço, eles te oferecem um na entrada).Tanto homens como mulheres serão convidados a retirar os sapatos antes de entrar em uma mesquita.
Preciso de vacina para entrar na Turquia?
Não há exigência de nenhuma vacina, mas é recomendado levar consigo o certificado internacional de vacinação constando a vacina contra febre amarela para qualquer viagem ao exterior.
Qual a melhor época para visitar a Turquia?
De abril a outubro é a melhor época para desfrutar as belezas do país.
Carregar mais

Dicas
  • A moeda da Turquia é o Lira Turca. 1 USD equivale a 19LT.
  • Gorjeta é uma prática comum na Turquia, mas não é obrigatória. Nos restaurantes, geralmente uma taxa de serviço de 10% está incluída, mas você também pode dar gorjeta aos garçons diretamente se quiser.
  • O turco é a língua oficial, o inglês é amplamente utilizado como segunda língua.
  • Experimente Pastırmalı Kuru Fasulye (feijão branco com pastrami)
  • Não deixe de provar Haşlama (cordeiro cozido com legumes e suco de limão)
  • Delicie-se com Kuzu Kapama (cordeiro recheado à primavera).
Destaques
  • Visite o belo Museu da Hagia Sophia e o Museu Topkapi.
  • Admire a beleza do Grande Bazar e do Bazar de Especiarias em Istambul.
  • Veja a beleza da arquitetura de Bodrum.
  • Visite a Mesquita Azul.
  • Desfrute das piscinas termais de Pamukkale.
  • Navegue pelo Bósforo.
  • Explore a cidade de Éfeso
  • Faça um passeio de balão na Capadócia.
  • Assista a uma apresentação dos Derviches Rodopiantes.
Comentários