Quando ouvimos a palavra sarcófago, automaticamente fazemos uma relação com os antigos faraós egípcios, não é verdade? 

 

Em muitas viagens pelo mundo, faz parte da aventura conhecer história, lugares inusitados e até mesmo sarcófagos famosos. 

 

Ficou curioso(a) para descobrir alguns deles? Confira a lista abaixo com 8 sarcófagos famosos ao redor do mundo:

 

1- Tutankhamon - Luxor, Egito

 

 

Inevitavelmente o primeiro sarcófago da lista vai para a terra dos faraós! O jovem Tutankhamon governou o Egito por um curto período durante o Império Novo. Aparentemente é o faraó mais famoso da nação, mas sua fama não se deu pelas suas conquistas, mas sim no pós morte.

 

A descoberta feita por Howard Carter da tumba intacta de Tutankhamon (KV62) em 1922, no Vale dos Reis em Luxor, foi um verdadeiro marco para a história do mundo, pois pela primeira vez, os estudiosos puderam ver uma tumba faraônica intacta contendo todos os objetos e tesouros do rei, pois até então todos os túmulos descobertos já haviam sido saqueados e danificados.

 

A tumba de Tutankhamon não é a mais bonita do Egito, mas o seu sarcófago coberto de ouro e a sua famosa máscara mortuária é uma atração a parte que atrai milhares de turistas de todo o mundo.

 

2- 30 sarcófagos descobertos - Luxor, Egito

 

Em 2019, o ministério de antiguidades do Egito anunciaram que arqueólogos encontraram 30 sarcófagos de madeira na cidade de Luxor no Egito. A escavação foi feita em Asasif no Vale dos Reis. Os caixões de madeira pintada, provavelmente eram de uma família importante de sacerdotes.

 

Estima-se que os sarcófagos tenham em média 3000 anos de idade e só foi necessário escavar 1 metro para encontrar estes vestígios históricos. 

 

Asasif é uma antiga necrópole egípcia, situada no lado oeste do rio Nilo. 

 

Segundo informações encontradas os sarcófagos foram enviados para o Grande Museu Egípcio (GEM) que será inaugurado em 2021.

 

3- San Pietro - Bevagna, Itália

 

 

Na pequena cidade de San Pietro (São Pedro) em Bevagna, no início do século 20 começaram a aparecer rumores sobre a existência de sarcófagos no fundo do mar bem perto da costa da cidade San Pietro. Os sarcófagos foram parar ali devido a um naufrágio, os mesmos ficaram conhecidos como “Le vasche del re” - “Tanques do rei ”. Para ver os sarcófagos é preciso mergulhar 

 

Em 1964 um jornalista americano e arqueólogo subaquático, Peter Throckmorton, fez uma pesquisa e conseguiu encontrar a localização correta do sarcófago, porém nenhuma parte do navio foi encontrada até o momento. Acredita-se que os sarcófagos estivessem a caminho de Roma pelo tipo de estrutura e também porque este era o estilo utilizado na capital.

 

4- Sarcófago de Romulus - Roma, Itália

 

 

Outra descoberta arqueológica recente, é o sarcófago encontrado no Parque Arqueológico do Coliseu de Roma. Um sarcófago e um altar do século 6 a.C escavados na pedra da colina Campidoglio, foram encontrados no subsolo, e acredita-se que o mesmo pertence à Romulus, um dos fundadores da cidade.


5- Sarcófago das esposas, Itália

 

 

Este sarcófago é considerado uma das grandes obras-primas da arte etrusca. O sarcófago é do final século VI a.C. está localizado no Museu Nacional Etrusco de Villa Giulia, em Roma.

 

A obra prima tem 1,14 m de altura e 1,9 m de largura, ele foi feito de terracota. O sarcófago retrata um casal em um banquete na vida após a morte, o mesmo foi encontrado em escavações do século 19 na necrópole de Cerveteri (antiga Caere). 

 

6- Sarcófago Ahiram - Beirute, Líbano

 

O sarcófago Ahiram pertence ao rei fenício de Biblos (850 aC), o mesmo foi descoberto em 1923 pelo francês Pierre Montet na tumba V da necrópole real de Biblos. O rei Ahirom não é mencionado em nenhuma fonte oriental antiga, porém alguns estudiosos tenham sugerido uma possível conexão com o rei contemporâneo Hiram mencionado na Bíblia Hebraica.

 

O sarcófago é famoso devido às suas gravuras em baixo-relevo e a sua inscrição em idioma fenício. 

 

7- Sarcófago do Império Médio - Egito

 

 

No Império Médio do Egito Antigo, o sarcófago era considerado uma tumba em miniatura para o faraó, e consequentemente era decorado com muitos dos itens que anteriormente adornavam as paredes da sua tumba. Na cabeceira e pés do caixão, eram pintadas figuras representativas das deusas Ísis e Néftis Já o piso era pintado com os deuses Nut, Isis, Osíris ou o pilar Djed. Já os lados mostravam os quatro filhos de Hórus e outras divindades. 

 

As inscrições horizontais do sarcófago remetiam ao nome e título do morto, além disso havia uma oração. As inscrições verticais eram orações aos deuses em nome do falecido.

 

Foi no Império Médio que apareceram caixões antropóides, ou seja, esculpidos no contorno do corpo da múmia e decorados com o rosto e a peruca do falecido. 


8- Sarcófago de Rishi - Egito

 

 

Em meados de 1650 aC, os sarcófagos rishi eram bem populares na cidade de Tebas, atual Luxor no Egito. Esses caixões eram diferentes porque os corpos esculpidos na frente do caixão eram cobertos com penas dos ombros aos pés, representando assim as asas das deusas Ísis e Néftis.

 

Extra: Nova descoberta de sarcófagos em Saqqara

 

 

Semana passada o governo egípcio anunciou mais uma grande descoberta arqueológica, desta vez na Necrópole de Saqqara localizada a alguns quilômetros de Gizé

 

Foram encontrados 14 caixões lacrados com idade aproximada de 2500 anos, os sarcófagos de madeira ainda possui cores originais 

 

Blog Memphis Tours - Artigos novos toda semana

Tours relacionados
Artigos Relacionados