Blog Memphis Tours

Tour Pela Europa em 15 Dias: Itinerários e Dicas Para a Sua Euro Trip

Euro Trip | Mochilão Europa | Tour Pela Europa
euro trip . mochilão europa . tour pela europa . europa .

Planejando um Tour Pela Europa por 2 semanas e precisa de um itinerário? 15 dias podem parecer férias longas, mas não neste continente incrivelmente diversificado. Com tantas atrações, pontos turísticos para ver e culturas para experimentar, suas 2 semanas na Europa passarão em um piscar de olhos! Decidir por onde começar, quais países visitar e como passar seu tempo na Europa pode ser esmagador. 


Continue acompanhando este guia para coletar ideias para a sua Euro Trip.

 

  • Europa Ocidental
  • Europa Central
  • Norte da Europa
  • Sudeste da Europa
  • Europa Completo


Como passar 2 semanas na Europa

Se esta é sua primeira vez na Europa, você provavelmente tem alguns lugares na sua lista de "Mochilão Europa". Sem saber nada sobre você ou seus interesses, só posso lhe dar conselhos básicos e genéricos. Abaixo está uma lista com alguns itinerários sugeridos para a melhor maneira de conhecer a Europa em duas semanas. Agrupei-os de acordo com as diferentes regiões da Europa. No entanto, você pode escolher qualquer combinação das cidades listadas aqui, de acordo com seus gostos e interesses.

 

 

Europa Ocidental (15 dias)

 

  • Londres, Paris e Amsterdã

Essas três cidades têm mais que o suficiente para mantê-lo envolvido por 2 semanas. Elas estão entre as maiores cidades do mundo e gozam de uma popularidade perene, apesar dos muitos problemas que têm enfrentado ultimamente. Eu acho que vale a pena ver pelo menos uma vez, mesmo estando sempre lotados.

Ponte Westminster e Big Ben, em Londres

 

Torre Eiffel, em Paris

 

Canal de Amsterdam

 

  • Lisboa, Madrid, Barcelona

Todas essas cidades ibéricas estão cheias de cultura, culinárias deliciosas e paisagens incríveis. Embora você possa facilmente passar duas semanas apenas na Espanha, sugiro incluir Lisboa no seu itinerário europeu também. A capital de Portugal é romântica, culta e barata!

Castelo de São Jorge, em Lisboa

 

Visão Panorâmica, Madrid

 

Igreja da Sagrada Família, em Barcelona

 

Você tem excelentes conexões de trem, ônibus e avião entre os três. Há trens noturnos entre Lisboa e Madri que circulam diariamente, partindo às 23h34 e chegando em Madri às 8:40 da manhã. Além disso, existem vôos diretos, trens ou ônibus de Madri para Barcelona.

 

  • Roma, Florença e Veneza

Essas são as cidades mais cativantes e recompensadoras da Itália. Se você prefere gastar seu tempo em um único país, essa combinação faz dos melhores itinerários europeus de 2 semanas. A Itália possui muitos sítios arqueológicos, a maioria concentrada em áreas relativamente compactas. Essas três cidades também têm excelentes conexões de trem, ônibus e sem paradas.

Coliseu, uma da 7 Maravilhas do Mundo Moderno, em Roma

 

O Grande Canal de Veneza

 

Catedral de Santa Maria del Fiore, em Florença

 

A Sicília é outro ótimo lugar onde você pode passar 2 semanas na Europa. Existem tantos sítios arqueológicos e belas cidades na Sicília para adicionar à sua lista! Prometo que você não ficará entediado se optar por passar suas férias europeias inteiras nesta ilha. Palermo sozinho pode mantê-lo ocupado por uma semana! Você tem boas conexões de ônibus entre as cidades, mas a Sicília é melhor explorada de carro. Você pode escolher visitar Malta nas proximidades, se for à Sicília.
 

 

Europa Central (15 dias)

A Europa Central está se tornando cada vez mais popular. Há 30 anos, cidades como Praga, Budapeste, Dresden ou Wroclaw eram amplamente desconhecidas para o viajante do mundo. Mas após a queda do comunismo, a Europa Central experimentou um forte renascimento cultural e turístico.

 

  • Praga, Viena e Budapeste

Essas três capitais têm tudo: bela arquitetura, história fascinante, calendários de concertos lotados e comida deliciosa. Para quem deseja visitar a Europa Central, este itinerário é perfeito. Viajar de trem é o melhor caminho entre esses três, pois as distâncias são relativamente curtas. Você pode comprar bilhetes na estação antes do horário de partida do trem.

Charles Bridge no Rio Vltava, em Prague

 

Viena, na Áustria

 

Chain bridge, em Budapeste

 

  • Berlim, Dresden e Wroclaw

Combinando a cosmopolita Berlim com a cidade fênix de Dresden e a pitoresca Wroclaw, você terá uma ótima compreensão do que torna essa parte da Europa tão fascinante. Você tem trens diretos entre todas essas cidades.

Catedral de Berlim

 

Rio Elbe, em Dresden

 

Centro de Wroclaw

 

  • Zurique, Lucerna, Lugano e Milão

Você nunca pode dar errado com a Suíça e a parte norte da Itália! Essas cidades têm paisagens deslumbrantes, museus de arte, catedrais antigas, palácios históricos e mais charme do que você pode imaginar. No entanto, eles não são muito grandes, portanto, 2-3 dias em cada um deles provavelmente seriam suficientes.

A melhor maneira de se deslocar entre essas cidades é de trem. A Suíça é famosa por seus trens panorâmicos de primeira classe, então você pode optar por viajar de Lucerna para Lugano a bordo do Gotthard Panorama Express. Você também pode pegar a mesma rota em um trem não panorâmico, se quiser evitar o pagamento da taxa de reserva obrigatória.

Lago em Zurique

 

Arquitetura Medieval em Lucerna

 

Montanhas em Lugano

 

Duomo Di Milano, a Catedral de Milão

 

 

Norte da Europa (15 dias)

 

  • Oslo, Estocolmo, Copenhague

Essas três cidades estão definitivamente em uma liga própria. Embora não possam competir com os locais históricos de Roma ou com o charme de Paris, os três têm uma arquitetura deslumbrante, museus de classe mundial e algumas das melhores lojas e restaurantes da Europa. Se você planeja passar suas 2 semanas na Europa durante os meses de verão, este itinerário é sua melhor aposta. Enquanto o resto da Europa está fervendo, o norte da Europa desfruta de temperaturas muito mais baixas e de dias mais longos no verão.

Prédios Modernos em Oslo

 

Panorama do Pier, em Estocolmo

 

Pier Nyhavn, em Copenhague

 

  • Riga, Tallinn e Vilnius

Não posso mencionar o norte da Europa sem incluir um passeio pelas capitais do Báltico. Os Estados Bálticos da Letônia, Estônia e Lituânia nem estavam no mapa quando eu era criança. Mas, como muitos outros países europeus que viveram na sombra da União Soviética até os anos 90, eles desfrutaram de um verdadeiro renascimento nos últimos anos. Se você quiser viajar para algum lugar em que seus amigos nunca ouviram falar, visite as capitais do Báltico.

Praça Ratslaukums, em Riga, na Latvia

 

Porto de Tallinn, na Estônia

 

Vilnius, na Lituania

 

 

Sudeste da Europa (15 dias)

A Península Balcânica é a mais culturalmente diversificada da Europa. Esta região também possui uma topografia extremamente variada. Limitados pelo Mar Adriático e Jônico a oeste, Mar Egeu a sul, Mar de Mármara a sudeste e Mar Negro a leste, os países dos Balcãs são belíssimos. Existem tantos destinos ótimos no sudeste da Europa que é difícil decidir quais incluir no seu itinerário. Aqui estão duas sugestões:

 

  • Atenas, Istambul, Bucareste

Se você planeja construir seu itinerário nessas três cidades, pode passar três dias em Atenas, sete dias em Istambul e 2-3 dias em Bucareste. Ou você pode optar por passar toda a sua viagem de 2 semanas à Europa visitando apenas um país. Países como Grécia, Turquia ou Romênia têm muitos lugares incríveis para mantê-lo entretido e envolvido por 15 dias.

A melhor maneira de viajar entre esses três países é de avião. Entre Istambul e Atenas, você usa a Pegasus Airlines (uma companhia aérea econômica) e entre Istambul e Bucareste, você pode usar a Turkish Airlines.

Acrópole de Atenas

 

Mesquita Azul, em Istambul

 

Vista Aérea de Bucareste

 

  • Ljubljana, Split, Dubrovnik, Kotor

Estas quatro cidades levarão você a três dos países mais bonitos dos Balcãs: Eslovênia, Croácia e Montenegro. A melhor maneira de viajar entre essas cidades seria de carro ou de ônibus, pois não há conexões de trem entre Split e Dubrovnik. Se você tiver um carro, poderá estender seu itinerário para outros pontos de interesse nessa região.

Ljubljana, na Eslovenia

 

Baía de Split, na Croácia

 

Dubrovnik, na Croácia

 

Baía de Kotor, em Montenegro

 

 

Europa Completa

 

  • Dia 1: Londres

Chegue em Londres, descanse (você vai precisar).

Pernoite em Londres

 

  • Dia 2: Londres

Acorde cedo e testemunhe a troca dos guardas no Palácio de Buckingham, visite o Museu de Cera Madame Tussauds, a maior exposição de obras em cera do mundo. Passeie pelo London Eye, veja a Abadia de Westminster, as Casas do Parlamento, Big Ben, a estátua de Eros no Piccadilly Circus e a simbólica Tower Bridge

Pernoite em Londres.

 

  • Dia 3: Paris

Rumo a Paris via Eurotunnel ou Ferryboat

Após seu café da manhã em Londres, dirija-se para Folkestone para embarcar no trem Eurotunnel para Calais ou para Dover para pegar o ferry para Calais.

Chegando a Calais, pegue um trem para Paris

Pernoite em Paris.

 

  • Dia 4: Paris

Visite o Palácio de Versalhes, o Museu do Louvre - o museu de arte mais visitado do mundo. Veja a mundialmente famosa pintura de Mona Lisa de Leonardo da Vinci, que fascinou o mundo com seu sorriso. Veja a Place de la Concorde, o majestoso Arco do Triunfo, os elegantes Campos Elísios e a magnífica Ópera Garnier. Admire a Torre Eiffel.

Pernoite em Paris.

 

  • Dia 5: Bélgica

Após seu café da manhã em Paris, pegue um trem, ônibus ou avião (ou alugue um carro) para Bruxelas. Chegando em Bruxelas, veja a adorável estátua Manneken Pis, uma encantadora fonte de menino, hoje o símbolo de Bruxelas, a bela Grand Place, a prefeitura e o museu municipal. Siga sua jornada rumo à Holanda.

Pernoite na Holanda.

 

  • Dia 6: Holanda

Visite os Jardins das Tulipas de Keukenhof, a famosa Exposição Nacional de Flores. Visite Haia - capital política da Holanda e residência da rainha. Aqui você visita Madurodam - Holanda em miniatura. Sinta-se como um gigante em meio a modelos de palácios, canais, moinhos de vento, portos, aeroportos. Faça um cruzeiro pelo canal de Amsterdã

Pernoite na Holanda.

 

  • Dia 7: Alemanha

Após seu café da manhã na Holanda, saia cedo e pegue um ônibus, trem ou vôo (ou alugue um carro) para Colônia, na Alemanha, famosa pela Eau de Colônia, onde você precisa visitar a magnífica Catedral de Colônia. Esta catedral gótica de 515 pés de altura levou seis séculos para ser construída e é o monumento mais visitado da Alemanha. Mais tarde, siga até Heidelberg e passeie na pedra de paralelepípedos 'Altstadt'.

Pernoite na Alemanha.

 

  • Dia 8: Suíça

Após seu café da manhã, pegue um ônibus, trem ou avião (ou alugue um carro) para a Suíça através da famosa região da Floresta Negra da Alemanha. Em Schaffhausen, veja as poderosas Cataratas do Reno, as cachoeiras mais poderosas da Europa. Você terá tempo livre para admirar a beleza estrondosa das cataratas.

Pernoite na Suíça Central.

 

  • Dia 9: Suíça

Visite Jungfraujoch. Vá até Lauterbrunnen, de onde você embarca em um trem para Jungfraujoch, a estação ferroviária de maior altitude da Europa, a 11.333 pés, te leva por belos lagos e passagens nas montanhas. No topo de Jungfraujoch, você tem tempo livre para explorar o complexo moderno. Experimente a magia das montanhas no Sphinx Terrace. Veja o deslumbrante Jungfrau Peak e a impressionante Geleira Aletsch. Além disso, visite o Palácio de Gelo, onde você vê uma bela exibição de esculturas feitas de gelo, enquanto está envolto em gelo. Depois, siga para Interlaken, um dos resorts de lazer mais conhecidos da Suíça.

Pernoite na Suíça Central.

 

  • Dia 10: Suíça

Após seu café da manhã, siga para o Monte Titlis, que a 10.000 pés é o pico mais alto da Suíça Central. Enquanto você viaja para o Monte Titlis em dois teleféricos diferentes, você ficará surpreso com o cenário que muda de prados verdes, lagos cênicos a montanhas cobertas de neve. A última etapa da subida será no primeiro teleférico rotativo do mundo chamado "Titlis Rotair". No terraço no topo do Monte. Estação do cume de Titlis, se o tempo permitir, você poderá passear pela última atração do Monte Titlis - The Cliff Walk. Em seguida, proceda a Lucerna. Veja o Monumento do Leão, 'Lowendenkmal', escavado em um penhasco de pedra calcária para comemorar a bravura e a lealdade dos guardas suíços. Lembre-se de tirar um tempo livre na Schwanenplatz para comprar canivetes suíços, chocolates, relógios, lembranças etc.

Pernoite na Suíça Central.

 

  • Dia 11: Áustria

Após seu café da manhã na Suíça, pegue um ônibus, trem ou avião (ou alugue um carro) para a Áustria e siga para Wattens, para visitar o incrível mundo de cristais Swarovski. Continue sua jornada em direção a Innsbruck. Veja o 'Goldenes Dachl' - o telhado dourado, uma varanda gótica ornamentada e um símbolo da cidade. 

Pernoite em Innsbruck.

 

  • Dia 12: Itália

Após seu café da manhã na Áustria, pegue um ônibus, trem ou avião (ou alugue um carro) e vá rumo a Veneza, a romântica cidade italiana, conhecida por sua arquitetura única. Chegue a Veneza, um arquipélago de 118 ilhas, 170 canais e 400 pontes. Atravesse a Ponte da Liberdade de Mussolini e pegue um táxi aquático particular até a Praça de São Marcos, no coração de Veneza. Aqui, veja o histórico Palácio Ducal, a prisão infame, a Ponte dos Suspiros, a requintada Torre do Relógio e o esplendor de Basílica de São Marcos.

Pernoite em Veneza.

 

Após seu café da manhã em Veneza, dirija para Pisa. Na chegada, visite o "Campo dos Milagres", onde fica a grande Catedral de mármore românica em estilo Pisan. Veja o Batistério e a Torre Sineira, conhecida em todo o mundo como a Torre Inclinada de Pisa. Em seguida, dirija para Florença. Veja o Duomo Magnífico, o Batistério e a Torre do Sino de Giotto. Caminhe em direção à Piazza Signoria para ver o Palazzo Vecchio e a Estátua Equestre de Cosimo I.

Pernoite em Florença.

 

  • Dia 14: Itália

Após seu café da manhã em Florença, siga rumo à Roma, capital da Itália. Na chegada, vá para o famoso museu do Vaticano, com a Capela Sistina, construída entre 1475 e 1483, na época do Papa Sisto IV. A Capela Sistina é uma das igrejas mais famosas do mundo ocidental. Possui muitos belos afrescos, que retratam a história do universo, Deus e a humanidade. Não perca o belo teto e também o “Juízo Final” pintado no altar pelo renomado artista Michelangelo. Visite a Basílica de São Pedro, a maior catedral do mundo, que irá surpreendê-lo com seu tamanho, beleza e esplendor. Depois, siga para a Piazza Venezia. Reviva as emoções da histórica Roma enquanto vê os antigos Fóruns Romanos e Imperiais. Veja o gigantesco Coliseu - símbolo de Roma. Visite também a Fonte de Trevi.

Pernoite em Roma.

 

  • Dia 15: Retorno

Volte para casa com lembranças maravilhosas.

 

Coisas a considerar ao planejar uma viagem à Europa por 2 semanas

Porque eu já viajei muito para a Europa e parte da minha família mora lá, sempre me fazem essas duas perguntas: quando é a melhor época para ir à Europa e qual é o melhor itinerário para uma primeira visita à Europa. Minha resposta é sempre a mesma: depende do que você quer fazer na Europa e de quanto tempo você pode passar lá.

Se esta é sua primeira vez na Europa e tudo que você tem são 15 dias, há algumas coisas a considerar antes de decidir o que adicionar à sua lista:

 

  • Mantenha seus planos de viagem simples

A maioria dos visitantes pela primeira vez na Europa está determinada a ver o máximo possível nessa primeira viagem. Lembre-se de que a Europa é um continente grande e diversificado. Há muito para ver onde quer que você vá. É quase impossível visitar todos os seus locais listados em uma viagem de duas semanas para a Europa.

 

  • Comece pelas cidades mais populares

Sua primeira viagem à Europa não é o melhor momento para sair do caminho batido. Eu recomendo ficar nas grandes cidades, mesmo que elas estejam mais lotadas. As principais cidades europeias têm tudo: museus de primeira linha, bela arquitetura, ótimos restaurantes e uma vida noturna vibrante. Além disso, são grandes centros de turismo e são mais baratos para voar dentro e fora da Europa.

 

  • Escolha visitar lugares próximos um do outro

As principais cidades europeias mais próximas têm pelo menos duas horas de distância, seja você viajando de carro, de trem ou de avião. O trânsito entre cidades leva pelo menos meio dia, se você considerar o tempo necessário para sair de um hotel e entrar no próximo. Portanto, você não poderá fazer muitos passeios turísticos no dia em que viajar.

 

  • Planeje passar pelo menos 3-4 dias em cada cidade que você visitar

“Acabei de visitar seis países europeus em 10 dias! Andei pelas ruas de Amsterdã e conheci a casa onde a Anne Frank ficou escondida, comi pizza em Roma, subi na Torre Eiffel em Paris, andei no London Eye, comi tapas em Barcelona e bebi vinho em Lisboa”. Embora seja possível abranger mais de meia dúzia de países nos seus 15 dias na Europa, apenas viajar entre destinos não significa que você realmente os visitou! Se você deseja conhecer pelo menos os principais pontos turísticos, planeje passar um mínimo de 3 a 4 dias em cada cidade que visitar.

 

Agora que você já tem diversas opções de itinerário, tá esperando o que para começar a planejar essa viagem?! Acompanhe a Memphis Tours para mais blogs como este, explore o nosso website e faça sua reserva conosco!

Tours relacionados
Redes Sociais
Entre Em Contato