Conheça Fez

Saiba o que fazer em Fez, suas atrações e locais históricos. A Memphis Tours preparou um guia de viagem para te orientar no planejamento de sua tão sonhada aventura!

Quem foi Moulay Idris?

Moulay Idris deixou Damasco e fugiu para o Marrocos em 787. Chegou a Volubilis, que era o centro do norte, então começou a construir sua cidade que mais tarde se chamaria Moulay Idriss. Também construiu a cidade de Fez e converteu o povo berbere local ao islamismo. Moulay foi rei de Marrocos, padroeiro da cidade de Fez, e é o santo mais venerado de todo o país. Milhares de muçulmanos visitam o mausoléu para obter sua bênção. Hoje sua tumba é objeto de peregrinação e a visitação se intensifica especialmente durante o moussem, uma importante festa que acontece todos os anos na segunda semana de agosto

 

Onde fica?

O santuário fica situado na Place de Marche Verte no coração de Fez al Bali

 

O que você vai encontrar?

O edifício faz parte de um conjunto constituído pela casa de Quitún (residência de Moulay Idris), a mesquita de Al Asraf, a fonte e a casa de wudu (local para fazer a ablução).

 

Como funciona a visitação?

O santuário está aberto 24 horas por dia, sempre disponível para centenas de muçulmanos que vêm de todo Marrocos para obter sua bênção. Como na maioria das partes (religiosas) da cidade, não-muçulmanos são proibidos de entrar ao santuário, mas é possível aproximar-se até a porta, tirar fotos e ter uma visão sobre o imponente edifício.

Informações Gerais sobre a Kissaria
A kissaria (mercado coberto) é o local onde os produtos mais valiosos como jóias e tecidos finos estão à venda. Fez é, também conhecida pela qualidade de seus produtos de seda e seus bordados em fios de ouro. Então se você busca esse tipo de produto, de fato a Kissaria é o lugar ideal para fazer suas compras.

 

Onde fica situada?
A Kissaria fica localizada ao fundo de Talaa Kebira, perto da mesquita Kairaouine. De lá você ainda pode admirar a atração mais visitada e reverenciada em Fez: o santuário de Moulay Idriss, fundador da cidade.

 

Por que você deve incluir este local na sua viagem?
Para além das compras de souvenirs a Kissaria também irá te enriquecer culturalmente com todos os detalhes, a mistura de tradições, cores e o local juntamente com os arredores vão proporcionar uma incrível experiência sensorial. É uma forma de fazer uma imersão na cultura local e ver um pouco dos costumes do povo marroquino. 

Conheça outras atrações marroquinas no nosso Guia de Viagens sobre o país e apaixone-se pelos os incríveis locais históricos e culturais do Marrocos.

Venha com a Memphis Tours desbravar o país das cidades imperiais e do belo deserto dourado, vamos viajar!

Onde fica?

Fez, a antiga capital do Marrocos, é uma das maiores e mais antigas cidades medievais do mundo. Localizada no norte do Marrocos e com mais de 1,4 milhão habitantes, Fez tem 785 mesquitas e é a mais antiga das quatro cidades imperiais do Marrocos.

 

As medinas

Embora tenha uma parte moderna, chamada Ville Nouvelle, são nas medinas, como são chamadas em árabe os antigos centros comerciais e residenciais que se concentram suas maiores atrações. A principal é a Fez El-Bali, lá o exotismo toma conta de um cenário único, cheio de ruelas labirínticas. Há mercados dedicados para cada atividade: roupas, cerâmicas, tapeçarias, artesanato, alimentação e outros.

 

Os curtumes de Fez

Outra curiosidade do local são os curtumes. Lojas e moradores chamam o visitante para subir nos terraços e acompanhar o trabalho dos funcionários tingindo o couro.

 

Costumes e Tradição

Na parte nova de Fez, restaurantes, cafés e bares ficam lotados no verão, mas seu público é predominantemente masculino. Por seguir os costumes islâmicos, que proíbe bebida alcoólica, os homens tomam chá, café, água e refrigerante enquanto papeiam fumando narguilé num calor de 40 graus.

 

Você Sabia?

Fez no passado já foi capital do Marrocos, porém desde 1912 a capital é Rabat, mas Fez continua a ser um centro cultural e espiritual muito importante. Está inscrita na lista de Património mundial da Humanidade desde 1981, e ainda que tenha crescido, com uma parte nova da cidade, a medina continua animada, agitada, como na idade média. A mesquita é um centro religioso muito importante. Os marroquinos chegam desde longe em peregrinações à mesquita.

 

A porta azul

É a entrada principal da Medina de Fez el-Bali, é um belo portão monumental, construído em 1913, composto por três arcos de ferradura simétrica embelezado com azulejos ricamente decorado composto por tons de azul. A porta Bab Bou Jeloud também é conhecida como Bab Boujloud ou "A Porta Azul", é a zona mais animada e cheia de pessoas a qualquer hora do dia, por isso é um lugar seguro, mesmo à noite.

 

O que fazer?

Além das atrações já mencionadas Fez tem outros destaques como Mausoléu de Moulay Idris, a Kissaria, a Universidade de Al Karaouine, o Palácio Real de Fez, e até mesmo seus labirintos de ruas estreitas.

Perguntas Frequentes
Preciso de visto para o Marrocos?
Brasileiros não precisam de visto para o Marrocos.
Qual a melhor época para visitar o Marrocos?
As melhores épocas são na primavera (de Março a Maio) e no outono (de Setembro a Novembro). Temperaturas mais amenas que vão permitir você desfrutar melhor das atrações marroquinas.
Qual o idioma do Marrocos?
No Marrocos o idioma oficial é o árabe, em seguida vem o berber. Outro idioma predominante é o francês. Nas regiões turísticas é comum ouvir outros idiomas.
Gorjeta é obrigatória? Quanto devo pagar?
Dar gorjetas é uma prática comum no Marrocos, simboliza a sua gratidão por um determinado serviço que recebeu. Não é algo obrigatório, mas se quiser pagar gorjetas, dê aquilo que acha sensato.
Terei que barganhar?
A barganha é cultural no Marrocos, negociar os preços dos produtos e quanto você quer pagar por eles faz parte da vivência marroquina. Mas se você não quer barganhar, há lojas que já vendem produtos com preços tabelados.
Devo tomar precauções em relação à saúde?
Os turistas podem enfrentar alguns problemas de saúde em Marrocos, como alguns distúrbios gástricos causados por beber água da torneira ou comer de um restaurante local que não foi recomendado por seus guias turísticos ou a recepcionista do hotel. Alguns viajantes podem sofrer queimaduras solares ou insolação do calor e do sol durante o verão se não forem cuidadosos; no entanto, tomar as devidas precauções e beber água engarrafada pode eliminar qualquer risco para a saúde.
Como se vestir no Marrocos?
É recomendado usar roupas modestas, especialmente quando for visitar locais religiosos.
Carregar mais

Dicas
  • A moeda do Marrocos é o Dirham (MAD). A moeda para o Marrocos foi emitida pelo Banco de Al-Maghrib, que é o banco central de Marrocos.
  • Os principais idiomas dos marroquinos são o inglês e o francês, eles também falam ou entendem inglês. Alguns marroquinos outros idiomas como italiano, espanhol e alemão.
  • Brasileiros não precisam de visto para entrar no Marrocos.
  • Gorjetas é considerada habitual em Marrocos. No entanto, você não é obrigado a pagar.
Destaques
  • Marrocos é famoso por sua diversidade geográfica, desde as belas praias de Agadir até as pistas de esqui de Oukaimeden
  • Marrocos tem uma longa faixa de montanhas quando vista do céu, que vai de leste a oeste antes de alcançar as areias da Mauritânia.
  • Os vários tipos de habitat contribuíram para a diversidade de culturas que enriqueceram a identidade marroquina.
  • O Instituto Real da Cultura Amazigh foi criado em 17 de outubro de 2001. Desde então, Berber foi considerado uma língua oficial.
  • Em Fez, visite a Medina, o distrito de Tanners, o Santuário de Moulay Idriss II e a Mesquita Kairouine.
  • Meknes, é uma das mais belas e poderosas cidades imperiais do Marrocos.
  • Marrakech, é uma pérola polida pela história e sua tradição de hospitalidade.
  • Casablanca, lar de mil pequenos ofícios de artesanato e é a vitrine da arquitetura art déco.
Comentários