Fez - A cidade da Porta Azul

Informações gerais

Fez, a antiga capital do Marrocos, é uma das maiores e mais antigas cidades medievais do mundo. O nome dela em árabe é فـاس, "Fas". Está localizada no norte do Marrocos, 180 km a leste de Rebate e da costa atlântica, entre as cordilheiras do Rife (a norte) e do Médio Atlas (a sul). Com mais de 1,4 milhões habitantes, e tem 785 mesquitas e é a mais antiga das quatro cidades imperiais do Marrocos. A área dela é 89 km². A cidade está dividida em três partes principais e distintas: Fes el Bali (Fez-a-Velha) que foi classificada como Património Mundial pela UNESCO desde 1981, Fez el Jdid (Fez-a-Nova) ou Ville Nouvelle (cidade nova) que foi projetada e construída pelos franceses durante o período colonial e o Méchouar que foi constituída pelo complexo do palácio real. Fez é a segunda maior cidade do país, a seguir a Casablanca.

 

 

As medinas

Embora tenha uma parte moderna, chamada Ville Nouvelle, são nas medinas, como são chamadas em árabe os antigos centros comerciais e residenciais que se concentram suas maiores atrações. A principal é a Fez El-Bali, lá o exotismo toma conta de um cenário único, cheio de ruelas labirínticas. Há mercados dedicados para cada atividade: roupas, cerâmicas, tapeçarias, artesanato, alimentação e outros.

 

 

Os curtumes de Fez

Outra curiosidade do local são os curtumes. Lojas e moradores chamam o visitante para subir nos terraços e acompanhar o trabalho dos funcionários tingindo o couro.

 

 

Costumes e Tradição

Na parte nova de Fez, restaurantes, cafés e bares ficam lotados no verão, mas seu público é predominantemente masculino. Por seguir os costumes islâmicos, que proíbe bebida alcoólica, os homens tomam chá, café, água e refrigerante enquanto papeiam fumando narguilé num calor de 40 graus.

 

 

Você Sabia?

Fez foi fundada em 789 por xerife Alida (descendente de Ali) Idris I (Mulei Idris), tendo sido a capital de Marrocos, porém desde 1912 a capital é Rabat, mas Fez continua a ser um centro cultural e espiritual muito importante. Está inscrita na lista de Património mundial da Humanidade desde 1981, e ainda que tenha crescido, com uma parte nova da cidade, a medina continua animada, agitada, como na idade média. A mesquita é um centro religioso muito importante. Os marroquinos chegam desde longe em peregrinações à mesquita. A Universidade de al Quaraouiyine é a universidade mais antiga no mundo, foi criada em 859.

 

Depois da criação da mesquita universitária de al Quaraouiyine, Fez tornou-se um centro cultural importante e o centro religioso do Magrebe ocidental.

 

A região da cidade é muito rica das matérias primas importantes para diverso artesanato, como pedra, madeira e barro, e tudo isso permitam a criação de uma rica cultura estética a partir da grande tradição artística árabe-andalusina.

 

 

A história do país

Nos séculos X e XI os magrauas conquistaram Fez e foi palco de batalha entre as tribos zenetas Magraua e Banu Ifram, que foram sucessivamente aliados do Califado de Córdova e do Califado Fatímida. Durante esse período politico difícil ocorre um pogrom contra a comunidade judaica que fez mais de 6000 vítimas e que ficou conhecido como o Massacre de Fez de 1033.

 

Com a fundação de Marraquexe a cidade de fez perdeu o seu papel principal, mas no século XI exatamente em 1250 volta a tê-lo.

 

 

As lendas famosas

A significa da palavra Faz em árabe é picareta, e esse nome venha de uma lenda antiga e popular que disse que o fundador da cidade Idris I, participou na sua construção e ajudou nas escavações das fundações com uma picareta de ouro e de prata. Por isso a cidade tomou o nome árabe da picareta.

 

A segunda lenda avançada originalmente por Larbi Mezzine, que foi o antigo decano da Faculdade de Letras da Universidade de Kenitra e especialista em toponímia berbere, disse que o nome tem origem berbere que significa (rio ou ribeira em berbere).

 

 

A porta azul

É a entrada principal da Medina de Fez el-Bali, é um belo portão monumental, construído em 1913, composto por três arcos de ferradura simétrico embelezado com azulejo ricamente decorado composto por tons de azul. A porta Bab Bou Jeloud também é conhecida como Bab Boujloud ou "A Porta Azul", é a zona mais animada e cheia de pessoas a qualquer hora do dia, por isso é um lugar seguro, mesmo à noite.

 

 

O que fazer?

Além das atrações já mencionadas Fez tem outros destaques como Mausoléu de Moulay Idris, a Kissaria, a Universidade de Al Karaouine, o Palácio Real de Fez, e até mesmo seus labirintos de ruas estreitas.

 

 

Se você está planejando para viajar pelo Marrocos, aqui são alguns artigos para matar qualquer dúvida

    Por que nós
    • Serviço personalizado

      Monte a viagem dos seus sonhos com a melhor qualidade de serviços e de acordo com seu orçamento..

    • Falamos a sua língua

      A multilingual website offers content in 6 different languages English, Spanish, Portuguese, French, Italian and German

    • Flexibilidade

      Somos flexíveis para realizar alterações no roteiro de sua viagem por motivos de força maior ou outros motivos específicos.

    • Sua segurança

      Um guia turístico profissional sempre à sua disposição em todos os lugares.

    • Serviço de alta qualidade

      Priorizamos a qualidade em todos os serviços por nós prestados.

    • Atendimento ao cliente 24h

      Suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana através do chat, e-mail ou telefone.

    • Turismo sustentável

      Consciência e responsabilidade visando o presente e o futuro e gerando empregos para a população local.

    • Pagamento on-line seguro

      O nosso site é protegido pelo sistema de pagamento online Veri Sign Secure, um dos sistemas mais seguros do mundo.

    • Site seguro

      A Memphis Tours trabalha com o McAfee Secure Site para mantê-lo a salvo de fraudes e spyware e para proteger seu cartão de crédito.