Blog Memphis Tours

Por que você precisa visitar as ruínas de Petra

Petra a noite
Petra . a maravilha do mundo moderno . monasterio da Jordânia . Jordânia .

Esculpida diretamente nos penhascos vibrantes de vermelho, branco, rosa e arenito, a cidade pré-histórica da Jordânia de Petra ficou "perdida" para o mundo ocidental por centenas de anos.

 

Localizada no meio de vales e montanhas rochosas do deserto, no que é agora o canto sudoeste do Reino Hachemita da Jordânia, Petra já foi um próspero centro comercial e a capital do império nabateu entre 400 a.C. e 106 d.C.

 

A cidade ficou vazia e quase em ruínas por séculos. Somente no início do século XIX, um viajante europeu se disfarçou com roupas beduínas e se infiltrou no local misterioso.

 

A cidade do povo nabateu é um dos destinos mais famosos do Oriente Médio. Classificada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, em 1985, e uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno, em 2007, Petra tem atraído turistas todos os meses do ano, que aventuram-se rumo à Jordânia para conhecer parte desta cidade histórica construída nas rochas.

 

São 2.300 anos de história cravadas em pedras gigantes, tanto tempo assim com certeza podemos imaginar que por ali aconteceram muitas coisas, muitos povos viveram naquele lugar e  inclusive aconteceram desastres naturais que afetaram muito a sua estrutura. Petra ficou anos e anos esquecida pelo tempo e perdida em meio ao deserto de rochas, e foi redescoberta em 1812.

 

Não poderia escrever sobre tantos outros destinos e deixar esse lugar passar despercebido. Falar sobre Petra é falar sobre um pedaço da história da humanidade e sobre mistérios, afinal muita coisa ainda não foi descoberta por lá. 

 

Resolvi trazer aqui pra você viajante, Informações Sobre Monastério de Petra Jordânia, um resumo do que você vai encontrar lá e dicas de como aproveitar bem o seu passeio na cidade rosa. Continue a leitura deste artigo que eu vou te explicar tudo sobre essa incrível atração.
 

 

Localização Geográfica

Localizada no meio de vales e montanhas rochosas do deserto, no que é agora o canto sudoeste do Reino Hachemita da Jordânia, Petra já foi um próspero centro comercial e a capital do império nabateu entre 400 a.C. e 106 d.C. A cidade ficou vazia e em ruínas por séculos.

Petra fica nas proximidades de Wadi Araba, o vale que liga o Mar Morto ao Golfo de Aqaba e o deserto de Zin. Há diversos hotéis em Petra onde você pode se hospedar. Sobre o traslado até o local do passeio pode ser feito via van de turismo ou taxi.

 

Rotas para Petra

O caminho mais comum para conhecer a majestosa cidade rosa é via o Siq, um estreito que tem mais de 1km de extensão e rochedos enormes. Esta rota nos presenteia com uma experiência sem igual - um visual simplesmente encantador! A gente fica espantado como a natureza é uma verdadeira mestra em esculpir maravilhas!

 

1. Rota de Al-Madras

Este é a rota que todo visitante de Petra segue, pois conecta a cidade de Wadi Musa, o complexo do acampamento base, ao centro da cidade velha. Demora quase uma hora a pé, mas você também pode fazê-lo em um camelo ou em um carrinho. Passa pelo desfiladeiro de Siq, uma abertura natural nas rochas. Aqui, as paredes contêm restos de altares cortados na pedra, onde os nabateus adoravam seus deuses pagãos. E o trecho final, o mais estreito de todos, se abre para revelar uma visão inesquecível: a fachada de al-Khazneh, também conhecida como "o Tesouro", imortalizada por Indiana Jones.

 

2. Percurso noturno

Petra nunca dorme, pelo menos até muito tarde da noite, três vezes por semana. Ao pôr do sol, 1.800 velas acendem os 1.200m do Siq, criando um caminho mágico. Isso se abre para a fachada do Tesouro, também iluminada por centenas de velas cintilantes, criando uma atmosfera encantadora, quase mística. Um toque extra de folclore é acrescentado pelos beduínos, que quebram o solene silêncio com suas músicas. As excursões começam às 20h30, e é uma boa ideia levar algumas roupas quentes, para evitar que a queda de temperatura o surpreenda.

 

3. Rota dos túmulos reais

Esse caminho começa atrás do Teatro Petra e termina na montanha al-Khubtha. O pôr do sol é o melhor momento para segui-lo, quando a luz do sol escurece e banha Petra em cores ricas. A rota passa por túmulos que os nabateus cavaram nas rochas e adornados com gravuras elaboradas. Esses suntuosos locais de descanso para os mortos imitavam as fachadas dos templos ou de suas casas. A tumba do palácio, a maior de todas, é especial porque sua seção superior foi construída em pedra, em vez de ser escavada na rocha, como é o caso das outras construções em Petra. A partir daqui, você pode alcançar a parte mais alta da montanha al-Khubtha, com vistas sensacionais de al-Khazneh.

 

4. Rota Ad-Deir

Abrangendo toda Petra, esta rota leva você ao Mosteiro (ad-Deir) e oferece vistas sobre a cidade inteira. Demora cerca de quatro horas e você precisa estar fisicamente apto, pois envolve subir uma escada com 800 degraus. A recompensa por tanto esforço (principalmente em dias quentes) é uma imponente fachada medindo 50m de altura e 45m de largura, um ícone do estilo arqueológico de Nabatean. Apesar do nome, o Mosteiro foi construído como um monumento funerário. A escada também oferece acesso a três pontos de vista onde os amantes da fotografia vão querer se instalar em casa, pois têm vista para a paisagem lunar do vale Wadi Araba.

 

5. Rota de Umm al-Biyara

Parte do ninfheum (um santuário dedicado às ninfas), esta rota serpenteia por Petra por cerca de quatro horas, até atingir o pico da montanha Umm al-Biyara, com 1.178m de altura. É o lar dos restos de Sela, capital do antigo reino de Edom, com ruínas de cisternas, tumbas não escavadas e outros vestígios da cidade antiga. A caminhada é difícil e você precisa estar em forma, mas vale a pena. No entanto, você não precisa seguir por conta própria - você precisa fazer essa rota com um guia.

 

Além do Tesouro

O sítio arqueológico de Petra comporta diversas estruturas milenares, sendo que o cartão postal é o famoso Tesouro. Para além dessa atração você vai ver o Monastério de El-Deir, altares, túmulos e muito mais. Os tours mais clássicos para conhecer a região são o Templo do Tesouro, El Deir - o monastério, Petra à noite e o Vale de Wadi Musa.

 

Deslocando-se por Petra

De fato roupas e calçados confortáveis é uma obrigação, esqueça as sapatilhas e coloque os tênis por que carros não podem entrar no local, sendo necessário caminhar. A outra opção para quem preferir, é alugar um cavalo, camelo ou carruagem. Ah, não se esqueça de levar consigo água e também fazer uso de protetor solar e chapéu se a sua visita for feita durante o verão.

 

Importância Mundial

Uma das mais importantes regiões arqueológicas do país e do mundo, Petra foi classificada como uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, fazendo parte da lista de monumentos mais grandiosos da modernidade, é emoção que você quer? Então não perca a chance de conhecê-la.

 

Não pode esquecer

Jordânia não limita-se somente a Petra, não esqueça de incluir no seu roteiro outros lugares fantásticos como as atrações surpreendentes de Amã, o maravilhoso Mar Morto, um acampamento no deserto estrelado de Wadi Rum e uma escapadela no Mar Vermelho em Aqaba. Ah e no meio disso tudo lembre-se de ter sempre o celular carregado e uma câmera extra para garantir o registro de momentos inesquecíveis.

 

A cidade perdida, ou cidade rosa e até mesmo cidade dos mortos foi usada incansavelmente no passado como rota para caravanas oriundas de vários lugares do oriente médio e ásia. Nos caminhos que levam até essa zona milenar passaram muitos povos e com certeza de uma forma ou de outra suas marcas ficaram na Jordânia.

 

Cenário para disputas, guerras, amores e até mesmo filmes, essas terras da Jordânia são ricas em sua essência e no seu poder. Não é a toa que toda a sua magnitude reflete na expansão do turismo a cada ano que passa.

 

Se você quer conhecer as maravilhas da Jordânia incluindo a suntuosa Petra, não perca a chance de conferir roteiros especiais que vão te garantir uma verdadeira viagem dos sonhos. Você pode aproveitar as suas férias para fazer uma viagem combinada com países nas proximidades a exemplo do Egito - a terra das Pirâmides de Gizé, e se ainda tiver tempo acrescente Jerusalém na sua rota, você não vai se arrepender!
 

Tours relacionados
Redes Sociais
Entre Em Contato