Blog Memphis Tours

Tradições da Semana Santa no Brasil e Egito

páscoa . semana santa . sham el nessim . egito . brasil .

O feriado da Páscoa ou Semana Santa é uma tradição do cristianismo que celebra os últimos dias do profeta Jesus. Em todos os continentes onde há a presença da religião cristã, a páscoa é celebrada tanto nos quesitos religiosos quanto culturais com particularidades interessantes e tradicionais de cada povo e região. Você já parou para pensar como é a celebração da Páscoa no Oriente Médio? Será que os nossos famosos Ovos de Chocolate também fazem parte do domingo pascal egípcio?  Conheça as Tradições da Semana Santa no Brasil e Egito.

A celebração religiosa no Brasil


Durante a Semana Santa, as igrejas católicas brasileiras celebram todos os dias as últimas vivências de Jesus. Na religiosidade popular é recomendado fazer o jejum de carne vermelha na quarta-feira de cinzas, na sexta-feira santa e nos quarenta dias que antecedem a Páscoa.

 

Tradicionalmente a celebração inicia no Domingo de Ramos - relembrando a entrada do profeta na cidade de Jerusalém, na segunda-feira relembra-se a prisão de Jesus; na terça-feira Santa ou Dia da Penitência, o encontro de Maria e Jesus a caminho do Calvário. na quarta-feira santa, o Ofício das Trevas devido a proximidade da morte de Jesus; na quinta-feira santa, há a recordação dos últimos gestos do profeta na última ceia com os apóstolos, é neste dia que acontece a missa de lava pés; na sexta-feira da Paixão: A morte de Jesus crucificado; no sábado de Aleluia, celebra a espera da ressurreição de Jesus Cristo e no domingo de Páscoa,  celebra-se a sua ressurreição.
 

As tradições ao redor do Brasil


Além da celebração religiosa, em várias partes do Brasil, o povo mantem vivo os costumes e tradições da Páscoa. No sertão do país, grupos religiosos fazem caminhadas proferindo rezas e cânticos, um ritual que chegou ao Ceará em 1850. A forte expressão dos brinquantes populares Caretas é celebrada na cidade de Quixeló, os Caretas saem nas ruas coletando donativos para a malhação do Judas. Em Juazeiro do Norte, há uma tradição que veio da Itália, que trata decobrir todas as imagens de santos com um pano. Em Nova Jerusalém, no estado de Pernambuco, há a famosa encenação nacional da Paixão de Cristo que acontece anualmente e conta com centenas de figurantes e milhares de telespectadores.


Em Canela, no sul do país, as luzes e decorações tomam conta da cidade, há encenações sobre os últimos dias de Jesus e apresentações culturais. Ainda na região sul, na cidade de Gramado, há o famoso festival de chocolate, além de celebrações religiosas e artísticas.

 

Na cidade de Diamantina em Minas, no domingo de Páscoa, as janelas são enfeitas com toalhas coloridas e as ruas são decoradas com flores, serragem e areia. Em Mariana, acontece a procissão das almas, onde todos os fiés se vestem de branco e vão às ruas. Em Ouro Preto, os fiéis produzem um extenso tapete de flores para a procissão da ressurreição de Cristo.

 

Em São Paulo, na cidade católica de Aparecida, na sexta-feira santa acontece a caminhada de via sacra com a presença de milhares de fiéis.

 

Os tradicionais Ovos da Páscoa

 

No Brasil a Semana Santa é celebrada em todas as cidades, todo o país entra no clima religioso e comercial, pois é nesta época que surgem os tradicionais ovos de páscoa.

 

A origem do ovo como símbolo, surgiu muito antes de Jesus. Considerado um elemento representativo da fertilidade e renascimento da vida, os ovos faziam parte da celebração do fim do inverno e início da primavera. 

 

Coincidentemente, com os passar dos anos as duas celebrações foram misturadas, e os ovos passaram a ser simbolizados como a ressurreição de Jesus.

 

Os ovos de galinha eram pintados e decorados no Oriente Médio, principalmente no Egito. Já o ovo de chocolate, muito famoso no Brasil, surgiu na confeitaria francesa no século XIX. Ao esvaziar o ovo de galinha, o mesmo era recheado com chocolate, a inovação acabou dando certo e se espalhando por vários lugares. Nesta mesma época surgiu a caça aos ovos para as crianças. No Brasil a tradição é comer os ovos de chocolate no Domingo de Páscoa.

 

Falando em tradições, há também outro elemento muito presente o “Coelhinho da Páscoa”, a simbologia do coelho representa a fertilidade, devido a sua rápida reprodução.

Celebração da Semana Santa no Egito

 

No Egito, a predominância cristã é Copta. Os coptas celebram a páscoa no domingo seguinte à lua cheia que se segue ao equinócio vernal (21 de março). No Sábado santo acontece a Vigília Pascal, conhecida como A Grande Vigília, que dura até o início da Páscoa. Eles fazem um jejum completo na Sexta-feira Santa e no Sábado Santo. No Domingo de Páscoa eles celebram com banquetes para quebrar o jejum. A comida servida não é muito diferente daquela consumida durante os dois principais feriados islâmicos do país. No Egito, é tradição comprar roupas novas nesta festividade, da mesma forma que os muçulmanos fazem durante o Eid que acontece após o Ramadan.

Sham el Nessim

 

Seguindo a celebração da Páscoa, há o Sham el Nessim que representa o início da primavera. Este feriado é comemorado por todos os egípcios desde a época dos faraós. Nesta festividade é bastante consumido peixes como fesikh e renga, além dos tradicionais ovos coloridos.

 

Fesikh é um peixe bem salgado e fermentado, tem um odor extremamente forte que se assemelha à o odor de algo podre, estragado. Renga é também um peixe salgado mas o odor é mais leve do que o do Fesikh. Os egípcios consomem esses peixes acompanhados de cebolinha verde, salada e limão. 

 

Durante o feriado, os egípcios adoram viajar para a praia com a família, ou saem juntos para passear e comer os pratos típicos da época. 

Viagens durante a Semana Santa

 

Se você quer fugir um pouco da rotina e curtir uma Semana Santa diferente, uma viagem para o Egito é a escolha perfeita, entre na atmosfera das celebrações da primavera egípcia com o Sham el Nessim, veja as cores brotando para todos os lados. Saia do Brasil rumo a uma nova aventura, visite o Cairo e as suas principais atrações que ficam por conta das Pirâmides de Gizé, destacando a única das 7 maravilhas do mundo que ainda está de pé, a Pirâmide de Quéops; o Museu Egípcio que contém vários artefatos do Egito Antigo; o mais antigo bazar do Cairo, o Khan el Khalili, com suas vielas e lojinhas que vão deixar você encantado(a). Navegue no maravilhoso rio Nilo e vivencie momentos espetaculares no sul do país entre Luxor e Aswan, descobrindo os grandes monumentos históricos como o Templo de Karnak, Templo de Luxor, Vale dos Reis que contém o túmulo do famoso Tutankhamon, Colossos de Memnon, Templo da rainha faraó Hatshepsut, Templo de Philae dedicado a deusa Isis, Templos de Abu Simbel construído pelo faraó Ramsés II e muito mais. E se você quiser esticar sua viagem, aproveite um roteiro combinado que te permitirá conhecer Jordânia e Jerusalém, com suas atrações impressionantes.

 

Venha celebrar a Páscoa 2020 com a Memphis Tours, clique aqui e saiba mais sobre os nossos roteiros disponíveis para esta temporada. 

 

Estamos te esperando para embarcar numa grande aventura.

Tours relacionados
Redes Sociais
Entre Em Contato