Petra

Conheça a incrível e famosa Petra, um lugar mágico e cheio de história que atrai turistas do mundo inteiro. Saiba mais sobre esta atração e tudo que a envolve no guia de viagem da Memphis Tours, e planeje a sua viagem da melhor forma possível. Aventure-se na Jordânia com a gente!

O que é?

Petra, maravilha do mundo, é, sem sombra de dúvida, o tesouro mais valioso da Jordânia e a maior atração turística. É uma cidade vasta e singular esculpida na própria face rochosa pelos Nabateus, um engenhoso povo árabe que aqui se fixou durante mais de 2000 anos e que a transformou num local importante para as rotas da seda, das especiarias e outras rotas comerciais que ligavam a China, a Índia e a Arábia do Sul ao Egito, Síria, Grécia e Roma.

Petra é Património Mundial da UNESCO e foi eleita uma das sete Maravilhas do Mundo Moderno.

 

O Tesouro ou 'Al-Khazneh'.

A entrada para a cidade é feita pelo "Siq", um estreito com mais de 1 km de comprimento, ladeado por imponentes rochedos de 80 metros de altura. Caminhar pelo Siq é, por si só, uma experiência única. As cores e as formações rochosas são impressionantes. À medida que nos aproximamos do fim do Siq, começamos a ver Al-Khazneh (Tesouro).

 

Esta é uma experiência que suscita admiração. Uma fachada imponente com 30 metros de largura e 43 de altura esculpida na própria rocha rosa poeirento que faz com que tudo a seu lado pareça minúsculo. Foi esculpida em inícios do primeiro século para ser o túmulo de um importante rei nabateu e representa a genialidade desse povo.

 

O que você vai encontrar

O Tesouro é apenas uma das maravilhas que compõem Petra. À medida que entramos no vale de Petra, ficamos  assombrados com a beleza natural deste local e com os notáveis feitos arquitetônicos. Há centenas de túmulos esculpidos na rocha com gravações intrincadas, Teatro romano,obeliscos, templos, altares para oferta de sacrifícios e ruas com colunatas e, lá no alto, imponente no vale, encontra-se o impressionante Mosteiro Ad-Deir - para chegar lá há uma escadaria com 800 degraus cortados na rocha.

No local, há também dois excelentes museus; o Museu Arqueológico de Petra e o Museu Nabateu de Petra ambos com achados das escavações na região de Petra e que expõem o passado vivo da cidade.

 

Como se deslocar em Petra?

Os veículos automotivos não podem circular no local. Mas, se não quiser andar a pé, pode alugar um cavalo ou uma carruagem puxada por cavalos para percorrer os mil metros do Siq. No caso de idosos e/ou deficientes, o Centro de Visitantes, perto da entrada do Siq, irá emitir uma autorização especial (com taxa extra) para que a carruagem entre em Petra, para visitar as principais atrações.

 

Quando visitar?

Os melhores horários para ver Petra é no início ou meio da manhã ou então à tardinha, quando o sol inclinado faz sobressair as fantásticas cores naturais das rochas.      

 

Por que visitar?

As montanhas gigantes vermelhas e inúmeros mausoléus de um povo extinto nada têm em comum com a civilização moderna e nada mais suscitam a não ser contemplado pelo seu valor genuíno: uma das maiores maravilhas da Natureza e do Homem.

 

Quanto custa?

O ingresso custa 29JD (por pessoa). Há também outras opções de ingresso.

O que é?

A famosa passagem bíblica onde Abraão, como prova de devoção a Deus, quase sacrificou seu filho que foi salvo por um anjo, aconteceu nas montanhas de Petra. A tumba do profeta Arão, um local sagrado para os muçulmanos, é conservada até hoje.

 

Ritos

Em homenagem ao profeta, anualmente, uma cabra é sacrificada, pois muitos peregrinos acreditam que a Tumba carrega o espírito do profeta Araão (irmão do Profeta Moises).

 

Onde fica?

O Local do Sacrifício está localizado no topo de uma montanha em Petra. O início da caminhada para este local fica pouco antes do início do anfiteatro. São mais ou menos 800 degraus para se chegar lá.

 

Rituais no Passado: Nabateus

Os sacerdotes nabateus utilizavam este local para executar rituais religiosos a fazer sacrifícios aos seus deuses.

No topo das escadas do lugar de sacrifício, há um par de obeliscos dedicados aos deuses nabateus. À direita há um outro pico com um caminho pedregoso que leva aos dois altares na borda da montanha. A pedra circular era usada para matar os animais, permitindo que o sangue escorresse para um canal escavado, enquanto o padre limpava suas mãos na cisterna cortada na rocha. O Altar, a poucos metros para a direita, era onde ficava queimando a oferta de sacrifícios. Havia uma grande plataforma onde os plebeus se sentavam para assistir os sacrifícios e para participar das cerimônias.

O que é?

O Túmulo da Urna é um dos quatro túmulos reais de Petra. Construída na segunda metade do primeiro século, pelo rei Areta e por seu filho, Malco II.  Tinha duas camadas de cofres e se pensa ser o túmulo do rei Nabateno, Malco II. Dispõe de um enorme terraço e um majestoso pátio dórico, entalhado na rocha.  Uma rara inscrição dentro de uma das salas indica que o local foi convertido em uma igreja em 447 dC pelo bispo Jason.

 

Estrutura

O interior do túmulo mede 18m por 20m.

 

Onde fica?

O Túmulo Real do Rei Malco II está localizado em Petra, próximo à Wadi Musa.

Perguntas Frequentes
Gorjeta é obrigatória? Quanto devo pagar?
Em um restaurante, é bom dar entre 5 e 10% de gorjeta diretamente ao garçom. Por um pequeno favor, como carregar bagagem ou estacionar um carro, alguns dinares seriam apropriados. Não mais do que cinco. Dar gorjeta ao seu guia de turismo e motorista de veículo é completamente opcional. Se você decidir dar gorjetas, sinta-se à vontade para dar o que achar conveniente.
É seguro visitar a Jordânia?
A Jordânia é um país muito seguro e estável. Os viajantes podem se movimentar livremente pelo país sem preocupação extra pela sua segurança.
Preciso de visto para a Jordânia?
Sim, brasileiros podem adquirir o visto quando chegar na Jordânia, ainda no aeroporto.
Qual a melhor época de visitar a Jordânia?
De março a outubro é a melhor época para visitar a Jordânia, pois o clima é mais ameno e confortável para passear.
Posso trocar moeda estrangeira facilmente na Jordânia?
Trocar dinheiro é muito fácil na Jordânia, e a maioria das principais moedas é aceita em dinheiro e cheques de viagem. Dólares americanos são os mais aceitos, seguidos pelas libras e euros. É possível trocar dinares por moeda estrangeira na Jordânia, mas você precisará mostrar recibos para provar ao banco que você mudou sua moeda em dinares em um banco local. Os bancos parecem oferecer taxas um pouco melhores do que os cambistas.A maioria dos grandes hotéis também fazem câmbio (às vezes apenas para hóspedes), mas as taxas são sempre mais baixas do que as oferecidas pelos bancos e cambistas. Existem pequenas agências dos principais bancos nas fronteiras e nos aeroportos., onde você possa fazer a troca.
Como se vestir na Jordânia?
É recomendado se vestir de forma modesta, principalmente quando estiver visitando os lugares religiosos.
Como chegar na Jordânia saindo do Brasil?
Não há voos diretos saindo do Brasil, mas as principais companhia aéreas disponíveis nos aeroportos internacionais do Brasil podem operar voos com escalas em outros destinos para que você possa pegar seu voo para a Jordânia
Quais destinos mais próximos da Jordânia que valem a pena visitar?
Você pode aproveitar sua viagem à Jordânia para conhecer destinos próximos como Egito e Jerusalém.
Há alguma vacina obrigatória?
É requerida a apresentação do certificado internacional de vacinação.
Preciso ter cuidados com a saúde?
Não há problemas de saúde que você possa se preocupar ao viajar para a Jordânia. Caso precise, os maiores centros de saúde estão localizados em Amã.

Dicas
  • A moeda da Jordânia é o dinar jordaniano. 1 USD equivale a 0,71 JD. Os cartões de crédito são amplamente utilizados na Jordânia
  • A taxa de serviço inclusa na sua conta de restaurante vai diretamente para a empresa, não para o garçom. Se você quiser dar gorjetas ao garçom, dê diretamente à ele.
  • Vista-se com modéstia. Isso significa optar por shorts ou saias que tocam o joelho, decotes altos e manter os ombros cobertos
  • A maneira mais fácil de se locomover na Jordânia é usar táxis. A maioria dos táxis tem taxímetro, então se você estiver em Amã, pode utilizar deste meio de transporte.
  • O árabe é a língua oficial, o inglês é amplamente utilizado como segunda língua.
  • Experimente “Fool” e “Falfal”, pratos tradicionais no café da manhã jordaniano.
  • Não deixe de provar Mansaf, o prato de carne tradicional da Jordânia.
Destaques
  • Visite a incrível cidade milenar de Petra, uma das Sete Maravilhas do Mundo "Patrimônio Mundial da UNESCO"
  • Conheça os primeiros mosaicos cristãos em Madaba.
  • Passe um dia na bela cidade de Aqaba.
  • Explore o Monte Nebo, o memorial de Moiséis.
  • Veja as Tumbas Reais, a entrada do Siq e o Tesouro de Petra.
  • Suba a montanha para ver o Lugar do Sacrifício de Petra.
  • Visite Jerash, a antiga cidade com reflexos Império Romano.
  • Passe uma noite acampando na inspiradora beleza natural de Wadi Rum, observando o céu estrelado.
  • Veja a bela arquitetura de obeliscos, templos, altares de sacrifício nas ruínas da cidade romana.
  • Flutue no mar morto.
Entre Em Contato